sábado, 24 de outubro de 2009

O que eu não devo esquecer

Ao fazer 22 anos, já aprendi e vivi muita coisa, mas não me considero uma super vivida, nem expert em alguns assuntos, mas sempre gostei de conversar, de ouvir os outros e as vezes até consegui dar bons conselhos. E muita coisa também ouvi nessa minha jornada e sempre brinquei que essas coisas “iriam para minha lista de coisas que não devo esquecer”. Pois bem, em comemoração aos meus 22 anos começo a fazer essa lista, com o que ouvi e aprendi, e logo aviso:ela pode parecer contraditória, afinal cada frase, cada experiência, cada aprendizado surgiu em um momento distinto e eu sempre disse que não sou exata, afinal, sou palavras não números. E também a lista não está numa ordem de importância, ela é uma lista, que resolveu existir de verdade... Conforme eu for lembrando ela vai crescendo... Se divirtam, riam e até quem sabe aprendam com essa minha lista, que muitas vezes, resume um pouco da minha vida.

Lista de coisas que não devo esquecer:

Sempre perguntar... Isso faz uma diferença enorme minha gente... Você evita micos, evita ficar perdido e pode se ganhar um dez numa prova por apenas ter perguntado.


Seja você mesmo em qualquer lugar. Eu aceitei que sou caipira e desastrada e sou feliz por isso! =D

O homem perfeito não existe... Precisamos aprender que todos têm defeitos e que muitos desses defeitos não são tão defeitos assim.

Nunca comprar modem de internet de operadoras celulares. (Essa é uma das mais ouvidas).

Nunca achar que comer uma panela de brigadeiro não vai te fazer mal no outro dia.

Dizer “deixa eu não queria isso” é admitir que “sim eu queria e agora que não tenho to chateada e não fale mais comigo”.

Que sempre devemos ver as coisas pelo seu lado bom. Talvez ai esteja a melhor solução para um problema.

Não sou perfeita, e sei que não devo me cobrar tanto. (apesar de ainda me cobrar às vezes).

Não adianta o que aconteceu, a vida continua e você precisa caminhar... Aquela coisa “o mundo
não pára.”

Eu sou capaz de tudo. Basta eu querer, colocar na minha cabeça e levantar mais cedo.

Sempre há um sapato velho para um pé cansado.

Doce cura qualquer amargura da vida, e boas companhias deixam a vida mais leve e mais divertida.

Estar sozinho é opção. Ser sozinho é conseqüência.

Não há nada no mundo melhor que a casa da gente, a cama da gente, as coisas da gente.

Que ganhar seu próprio dinheiro e investir em você mesma é o melhor negócio que se pode fazer.

Morar sozinho é legal, mas ter com quem dividir os sentimentos e as contas também.

A felicidade é algo que sempre está ao nosso alcance, mas às vezes ela resolve dar uma voltinha e deixa a gente meio triste.

Todo mundo na vida vai ter crises existenciais, crises de choro, vai ficar deprimido, mas tudo isso vai passar.

Ser mulher é bem complicado e exige mais do que se imagina.

Crescer dói.

Descobri a importância de “sorrir e acenar” e o poder de um salto alto que juntos, muitas vezes, são infalíveis.

Aprendi como descobrir o ponto fraco de um homem e de como usar isso.

Redescobrir velhos amigos.

Saber o que é saudade.

Entendi o quanto vale um eu te amo, assim como aprendi que para falar isso é necessário coragem e que o sentimento seja verdadeiro. Admitir depois que falou da boca para fora, machuca quem diz como quem ouve.

Traição dói, mas muitos já passaram por isso e eu sobrevivi...

Uma mentira acaba com um ser humano, com sua moral e, por mais que ela seja admitida, reconstruir uma imagem é mais demorado do que se aposentar.

Senti a dor da perda, a alegria da chegada, a tristeza da partida...E descobri que tenho ambos os sentimentos numa rodoviária: a tristeza de ir embora e a euforia de conhecer novos lugares, novas pessoas, novos rumos.

Perdi o medo de mudar de cidade, mas ainda não perdi o medo de tingir os cabelos.

Já ouvi conselhos maduros para que eu não casasse porque “é mais gostoso namorar, ficar agarradinha com o namorado”, assim como não devo desejar um homem bonito, mas um “que seja bom”, de alma, de conduta, de caráter.

Sei que devo valorizar o meu eu.

Admiro pessoas batalhadoras.

Ouvir as crianças pode ser um bom aprendizado.

Algumas crianças crescem e um dia elas vão abalar seu coração, e em função disso, você vai ter que arriscar se quiser saber como é.

Tenho mais curiosidade que juízo.

Escrever é uma das melhores coisas que descobri na minha vida... Ah, e minha imaginação sempre vai mais longe do que deveria.

Um “uiii delícia” tem amplos significados.

Um sorriso, combinado com simpatia, derrubam qualquer mal humorado.

Nem tudo é como eu vejo e nem como penso.

Que pré-conceitos atrasam a vida e não permitem que você se divirta.

Sundae do Mac Donalds é uma delícia, apesar de falarem que os produtos usados são transgênicos.

Eu amo música e meu computador sempre fica cheio em função disso. E eu durmo com o rádio

ligado, ok?!

Tenho um humor horrível pela manhã. Por isso é sempre bom não abusar da minha paciência e nem exigir demais do meu cérebro.

Passeios no parque ou ao anoitecer tem mais poder de relaxamento que dormir... e melhoram se a companhia for boa.

Eu quero ter filhos, um companheiro, uma casa e um cachorro, mas tenho que batalhar por isso.

Conheça algo, alguém ou algum lugar antes de criticá-lo.

Sei que tenho limites.

Não sou dada a futilidades, mas adoro umas comprinhas...

Gosto de cafuné, de chocolate e de café...De filmes, seriados e telefonemas de madrugada.

Stress só faz mal pra mim.

Gastrite dói mais do que eu imaginava.

Fazer o que não se gosta é mais doído do que perder o emprego.

Ser cara de pau as vezes tem suas vantagens.

Chorar alivia tudo e gritar também.

Maquiagem, salto alto e amigas numa balada elevam o astral.

Beijar na boca não tem preço, mas tem conseqüência.

Viver é mais do que eu imagino, é uma questão de escolha e de coragem.

*Essa lista tende a aumentar... Um dia eu posto uma versão atualizada dela! =)
(Cíntia Synderski)

6 comentários:

Anônimo disse...

o mesmo Anonimo dos outros comentários...

a vida não é bela
mas se vamos colher espinhos ou rosas ou alegrias e tristezas
vai depender de nós
das nossas decisoes...

ps : seja de quem for a foto no final do post..devo dizer..bonito sorriso

cintia disse...

é bem isso...

depende da gente...

ahh e obrigada pelo elogio qto ao sorriso...

e até quando vc, senhor anonimo, vai me deixar curiosa rm relação a quem vc é?

hehehe

Anônimo disse...

atualizacao/??

cintia disse...

vai demorar um pouco... muitos afazeres, me sobra pouco tempo e poucas idéias... aliás, alguma sugestão seria bem vinda... hahaha

=)

Anônimo disse...

quem saber se voce nao publicar uns textos bacanas eu nao digo pra ti quem sou eu..
aposto que a senhorita esta curiosa...

Cíntia disse...

"...se voce nao publicar uns textos bacanas eu nao digo pra ti quem sou eu.."

nossa meus textos são tão chatos assim?

hahahaha