sexta-feira, 3 de julho de 2009

Voltando!

"Quantas vezes eu tentei fugir, quantas vezes eu não disse nada, quantas vezes tive medo de tentar, disseram que eu preciso me encontrar... No dia em que eu soltar meu coração, pode ser que seja assim!"(Pode ser que seja assim - Monique Kessous)

Procurava por todos os lados, como quem procura desesperadamente por algo que lhe confortasse. Nada lhe fazia se sentir melhor, nada que visse a fazia se sentir bem. Já sabia que o tempo e a transformação para a vida adulta (que lhe fora imposta) tinham lhe dado um jeito meio frio e distante e um olhar mais cansado, mas ela ainda não tinha desistido de desejos de menina e que se transformaram assim como ela.
Procurava nos olhos mais distantes, nas frases mais ausentes, nos pedidos mais abusados uma resposta que não sabia qual era. Uma resposta muda, que seu coração pedia e ela não sabia onde encontrar.
Entre os pedidos incessantes do seu coração e a intensa vontade em encontrar essa resposta, ela se deparou com algo que não era a resposta que ela procurava, mas parecia ser um caminho para ela.
Um olhar e um sorriso no meio da multidão e uma estranha sensação. Era como se derrepente tudo ficasse mais leve. Ele sorriu tímido ao perceber que ela lhe olhava e ela rapidamente olhou para baixo, se escondendo entre os cabelos longos, escondendo também o tom avermelhado que tomou conta de seu rosto.
Não sabia dizer se aquela era a resposta que tanto procurava, mas apenas tinha a certeza que aquele gesto lhe fazia bem. E que naqueles olhos havia mais do que ela podia imaginar, aliás ela não imaginava, apenas sentia pequeno dentro de seu peito, sem muito alarde, nem muita ilusão, apenas sentia algo que parecia nascer, forte e pequeno no seu coração.
No que se transformaria não sabia dizer, pois naquele instante seus coração pedia-lhe apenas: viva!

2 comentários:

Nachali disse...

tão bom.... um sorriso inesperado, uma paixão inesperada, uma amizade eterna!
As melhores coisas da vida!!!

Que bom que voltou, estava com saudades...

Mercuryo Arcano disse...

Sempre bem-vinda.
É um texto comportado... uma nova fase ou uma retomada da fase antiga? Lindo texto, romantico como imagino que vc seja.
Um grande beijo, minha amiga.