sábado, 31 de janeiro de 2009

Impulso

“Pois você sabe que eu andaria mil milhas se eu apenas pudesse te ver esta noite” (A Thousand Miles- Vanessa Carlton)

Vou pegar meu carro e me largar pela estrada...
Sentir o vento no rosto e ver o velocímetro correndo.
Cada vez mais rápido.
Cruzo estradas, espaços, perco tempo.
Correndo como flecha.
Correndo atrás do alvo.
Se ele estará no mesmo lugar? Pouco importa.
Eu sei desviar, sei fazer curvas.
Eu vou cada vez mais rápido.
E tenho a certeza de que a distancia diminui e ao mesmo tempo, me acompanha.
Vou atrás do que me delicia. Do que me instiga.
Do que me tira o sono. Do que me faz transpirar...
O sol está se pondo,
E ainda tenho alguns quilômetros a percorrer.
E vôo. Cada vez mais rápido. Cada vez mais ansiosa.
Sinto a adrenalina nas minhas veias.
Uma sensação de poder e leveza.
Se ele estará lá? Não sei!
Vejo as luzes da cidade ao longe...
Acelero cada vez mais.
Começo então a percorrer as ruas daquela cidade.
Fria e pacata.
Chego ao meu destino.
Toco a campainha.
Ele está lindo.
E sorri surpreso com minha visita.
Entro.
E o fim?
O mais belo amanhecer nos braços daquele que amo!

*Desculpem pela demora nas atualizações... Mas aguardem... ainda nessa semana teremos um novo texto intitulado: "Dominus"... Beijos!

2 comentários:

LEE disse...

viva os momentos...corra riscos..pois esse é o grande truque da vida pra ser feliz,simplesmente,pq os momentos unicos e o tempo nao volta,nem para..

Mercuryo Arcano disse...

muito muito muito bom!! e diferente da tua forma de escrever, um tipo de prosa.. nao sei dizer (ainda) mas gostei muito.